segunda-feira, 3 de setembro de 2012

O Oleiro

O oleiro
Texto: Jeremias 18:1-6
Introdução: Várias observações de Jeremias:
1. O oleiro tem um propósito.
A. O propósito de Deus na criação é amar você! Efésios 1:4-5 “Como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em caridade; E nos predestinou para filhos de adopção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o benefício da sua vontade”.

B. Você foi criado para ter um relacionamento pessoal com Deus e desfrutar de toda a Sua criação! Gn. 1:27-28 “E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; macho e fêmea os criou. E Deus os abençoou e Deus lhes disse: Frutificai, e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra”

a. “... que abundantemente nos dá todas as coisas para delas gozarmos" 1 Tm 6:17b
b. Jesus disse: "eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância" João 10:10

C. Deus nunca muda. Seu propósito original para nossas vidas; exige paciência.

D. É difícil desfrutar de um vaso "arruinado" pelo pecado.

E. Deus pode refazer um vaso estragado.

2. O oleiro tem uma casa.A. A casa do oleiro é a "igreja".

B. É em sua casa que ele faz sua maior obra. "Deus está sempre trabalhando"

C. Na Bíblia não existe cristão que não vão à igreja! Hebreus 10:19-27 “19 Tendo pois, irmãos, ousadia para entrar no santuário, pelo sangue de Jesus, 20 Pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou, pelo véu, isto é, pela sua carne, 21 E tendo um grande sacerdote sobre a casa de Deus, 22 Cheguemo-nos com verdadeiro coração, em inteira certeza de fé; tendo os corações purificados da má consciência, e o corpo lavado com água limpa, 23 Retenhamos firmes a confissão da nossa esperança; porque fiel é o que prometeu.
24 E consideremo-nos uns aos outros, para nos estimularmos à caridade e às boas obras: 25 Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia.
26 Porque, se pecarmos voluntariamente, depois de termos recebido o conhecimento da verdade, já não resta mais sacrifício pelos pecados, 27 Mas uma certa expectação horrível do juízo, e ardor de fogo, que há de devorar os adversários.”

3. O oleiro tem um povo.
A. Eu tenho um problema; barro: Meu barro tem uma vontade livre.

B. A coisa mais inteligente que o barro pode fazer é submeter-se mão do Oleiro.

C. O desejo de Deus é fazer-me Santo não... Feliz.

D. Eu devo optar por ficar na roda, a fim de cumprir o propósito do oleiro mestre.

E. Eu devo suportar o processo de se tornar o produto!

F. Eu posso parecer nada, mas barro para o oleiro é perfeito!

G. Na roda eu nunca estou fora de contato com a mão do Mestre.

Conclusão: Não subestime o que Deus pode fazer na sua vida, se você se render.
Não minimize o custo de um coração duro.
Coloque sua vida nas mãos do Oleiro Mestre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário